A rodada de Cristiano Ronaldo

Sem dúvida, Cristiano Ronaldo é o nome desta 13ª rodada do Campeonato Espanhol. Não só desta rodada, das últimas. O português é o goleador da Liga com 16 gols (em 13 jogos), na temporada já tem 24. Em 2013 soma 62 gols, com a camiseta do Real Madrid já fez 226 – em 216 jogos – e desde que atua pelo time merengue fez 23 hat-trick. Cristiano Ronaldo é o cara até agora.

Cristiano Ronaldo

marca.com

Ontem, junto com seus companheiros, Cristiano comemorou mais uma vitória do Real Madrid, 5×1 contra a Real Sociedad. O time de Ancelotti está se encontrando em campo e, neste momento, joga bem. Cristiano é a base do time, que conta com a volta de Xabi Alonso para se firmar na briga pelo título espanhol. Benzema e Bale não decepcionam e, junto com CR7, fazem do ataque do Real um dos melhores das últimas rodadas.

Com Messi lesionado – a terceira da temporada – o Barcelona conta com a estrela de Neymar (que marcou mais um hoje) para seguir na liderança e somando. O time venceu esta tarde/noite o Betis, em Sevilla, por 4×1. Não encanta, mas joga para ganhar. O Atlético de Madrid, que também jogou hoje, não venceu. O time de Simeone empatou com o Villarreal em 1×1 e precisa seguir vencendo para continuar na vice-liderança da Liga. No momento, o Barça é primeiro com 37; Atlético é vice com 34; e Real Madrid é terceiro com 31.

O Campeonato para por duas semana, em função das eliminatórias para a Copa de 2014. Na próxima rodada, o Barcelona espera contar com a volta de Messi para vencer o Granada e seguir na ponto; o Atlético de Madrid quer vencer o Getafe no Calderón e continuar com 3 pontos a mais que o Real; e os merengues terá que ganhar do Almería fora de casa para seguir na cola dos Colchoneros.

Fortes emoções nos esperam 🙂

Anúncios

Depois de Cristiano e Bale, hoje é dia de outras duplas

Se ontem Cristiano Ronaldo brilhou e ajudou Gareth Bale a reluzir também, hoje é dia de outras duplas na Liga dos Campeões. Em Barcelona, apesar das criticas ao estado Messi, o argentino e Neymar querem mostrar que o Barça continua sendo o mesmo e querem vencer o Milan para encaminhar a classificação. Já em Madrid, a dupla goleadora do Campeonato Espanhol, Diego Costa + David Villa, quer carimbar a passagem às oitavas marcando gols contra o Austria Viena.

Cristiano e Bale

Mesmo com um empate em Turim, o Real Madrid foi protagonista de uma grande disputa entre dois grandes. A Juve enfrentou os espanhóis com todo sua força. Jogou bem, teve muitas ocasiões e parou nas mão de Casillas. O Real Madrid foi a Turim para encaminhar a classificação. Contou com a boa racha de Cristiano Ronaldo (que marcou seu oitavo gol em quatro jogos pala Champions) que fez um e deu o passe para Bale marcar o segundo. Os merengues saíram com um empate, 2×2, mas com a liderança do grupo e uma boa impressão. No outro jogo espanhol de ontem, a Real Sociedad empatou em 0x0 com o Manchester United e somou seu primeiro ponto na competição. Os donostiarras estão praticamente eliminados da Champions.

Neymar e Messi

Mas hoje é quarta, dia dos líderes da Liga entrarem em campo. O Barcelona recebe o Milan e o Atlético de Madrid o Austria Viena. Os culés precisam vencer os italianos e praticamente garantir a passagem à oitavas. Para isso, pretende contar com um Messi reabilitado e um Neymar em grande fase. Tata Martino ainda não divulgou o time titular, mas deve ser: Valdés, Dani Alves, Piqué, Puyol, Adriano, Busquets, Xavi/Fábregas, Iniesta, Pedro, Neymar e Messi.

Diego Costa e Villa

Em Madrid, o Atleti recebe o lanterna do seu grupo e quer vencer para ir à Rússia, na próxima rodada, já classificado para as oitavas. Diego Costa e David Villa, a dupla goleadora do Campeonato Espanhol com 19 gols, quer utilizar o bom momento para marcar. Simeone deve começar o jogo com: Courtois, Juanfran, Miranda, Godín, Filipe Luís, Tiago, Gabi, Koke, Raúl garcía, Diego Costa e Villa.

tvAs partidas começa às 20h45 (Espanha) e 17h45 (Brasil), menos o Zenit x Porto que começa às 15h (Brasil) e será transmitido pela ESPN. Saiba onde assistir os jogos dest quarta-feira da Liga dos Campeões:

 

  • Barcelona x Milan – na Band e ESPN Brasil
  • Borussia Dortmund x Arsenal – na ESPN
  • Chelsea x Schalke 04 – no SPORTS+
  • Atlético de Madrid x Austria Viena – no SPORTS+
  • Napoli x Olympique, Ajax x Celtic e Basel x Steaua Bucareste – pelo Watch ESPN (na internet).

O comandante responde

As top 3 polêmicas da semana aqui na Espanha são: Simeone fora da lista dos candidatos a melhor técnico de 2013 da FIFA, Diego Costa na Seleção Espanhola e as palavras de Blatter (presidente da FIFA) sobre Cristiano Ronaldo. Das duas primeiras já comentamos por aqui. Sobre a terceira, quem “falou” foi Cristiano Ronaldo.

Cristiano Ronaldo Comandante

Depois que Blatter assumiu sua preferência por Messi e fez comparações absurdas entre o argentino e Cristiano, o português resolveu responder dentro de campo. No jogo desta noite, Cristiano fez três gols. Comemorou o primeiro batendo continência, já que Blatter o chamou de “comandante” e foi uma das peças chave do Real Madrid que venceu o Sevilla por 7×3. Uma partida de 10 gols, coisa que não acontecia na Liga desde 96, Bale mostrou a que veio, fez dois gols e um grande jogo. Além deles, Benzema também jogou bem e fez os outros dois gols do jogo. Ancelotti saiu feliz do Bernabéu, parece que o time está se encontrando em campo. O Sevilla não foi mal, mas não segurou o potente ataque merengue. Rakitic fez dois dos três do Sevilla e foi o melhor do time andaluz.

Gol Gareth Bale

as.com

Com a vitória, o Real Madrid segue na terceira colocação da Liga, com 2 pontos menos que o Atlético de Madrid (que ainda joga amanhã) e a 6 pontos do líder Barcelona (que venceu ontem). Cristiano com os 11 gols que tem se igualou na artilharia do Campeonato Espanhol com Diego Costa que também tem 11 gols.

Neymar e arbitragem protagonistas do clássico

Estar na Espanha em dia de clássico é como estar em Porto Alegre em dia de Gre-nal. Os amigos se separam, os casais de camisetas diferentes não se falam e a vitória vale alguns dias de argumento. Pois bem, esta sábado começou com desconfiança e terminou com o brilho de um menino e as falhas de um senhor.

Neymar marca no seu primeiro Barcelona x Real Madrid

marca.com

Barcelona e Real Madrid entraram em campo às 18h (horário da Espanha). No campo, estratégias diferentes. Tata Martino optou por colocar Fábregas no ataque junto com Messi e Neymar. Ancelotti, para tentar segurar o ataque e meio de campo do Barça, entrou com 3 defesas: Varane, Pepe e Sergio Ramos (que atuou com primeiro volante). No nível tático, 1×0 para Tata. Neymar pela direita e Cesc pelo meio e Messi pela esquerda confundiram Sergio Ramos que não conseguiu fazer o que tinha que fazer, marcar Messi.

Nos 11 contra 11, o Barça contava com Iniesta (em um grande dia) e Neymar. O brasileiro estava inspirado e foi o nome do jogo. Passou, chutou e marcou. Em sua estreia em clássicos marcou. Messi não foi o que se esperava dele, mas como Cristiano também não o foi, ficaram no elas por elas. Além de Neymar, o outro protagonista da partida foi Undiano. O árbitro não marcou um pênalti de Mascherano em Cristiano Ronaldo. Um erro que prejudicou os merengues, mas que não exime o time dos erros do começo do jogo e de ter dado espaço para o Barcelona marcar. O Barça foi superior no primeiro tempo, e no segundo conseguiu fazer o 2×0 com um baita chute de Alexis, mas deixou o Real crescer no final e Jesé fez o gol de honra.Um empate seria mais justo, mas como isso é futebol, deu Barcelona. Final do clássico, Barcelona 2×1 Real Madrid.

Com o resultado, o Barça segue líder com 28 pontos. O Atlético de Madrid segue vice-líder e se vencer amanhã ficará com 27 pontos. O Real Madrid é o terceiro, com 22 pontos e sai em desvantagem nos confrontos diretos com os líderes. Perdeu para o Atleti e agora para o Barça.

O Campeonato Espanhol fala português

Neymar no Barcelona, Cristiano Ronaldo no Real Madrid e Diego Costa no Atlético de Madrid. Sim, a Liga Espanha fala português!

Em diferentes momentos da história do Campeonato Espanhol, brasileiros brilharam e dominaram as capas dos jornais espanhóis. Na Liga desta ano, que está começando com surpresas de todos os tipos, três nativos da língua portuguesa estão assinando os vitórias do topo da classificação. Nesta oitava rodada do campeonato, os três foram os protagonistas indiscutíveis.

neymar da show em vitória do barcelona contra o valladolid

Neymar foi “o cara” do Barcelona. Com Messi machucado, os culés esperavam que o guri tomasse as rédeas da equipe. Desafio lançado, desafio cumprindo. Na partida de ontem, Neymar marcou, deu assistência para o gol e foi o melhor em campo. Não se discute mais o valor pago pelo brasileiro, muito menos sua capacidade para ser um dos melhores do mundo.

cristiano ronaldo salva o real madrid e comemora gol sem camisa

A surpresa negativa deste início de temporada, sem dúvida, está em Madrid. O Real Madrid vence, mas não joga bem. Falta estilo, falta ritmo e falta definição. O time de Ancelotti conta com minutos finais milagrosos para seguir somando três pontos em cada jogo. A salvação do time está nos pés de Cristiano Ronaldo. O português, que não está contente com o rendimento do clube, tenta sacar tudo que pode para “salvar” o time em momentos escuros. Na vitória chorada de ontem, Cristiano Ronaldo marcou o gol da virada e resgatou os merengues. CR7, o milagre.

diego costa marca os dois gols do atlético e é o artilheiro do espanhol

E a surpresa positiva do campeonato não pode ser outra, o Atlético de Madrid. O magnífico trabalho que está fazendo Cholo Simeone com os colchoneros se reflete no campo. O time joga bem, vence e não se entrega. É o único que acompanha o Barcelona e conta com uma arma poderosíssima. Diego Costa, que está sendo disputado pela Fúria e pela Seleção Brasileiro, é a cara, o coração e os gols deste Atleti. Depois dos dois gols desta manhã, é o artilheiro do Campeonato Espanhol.

El Cholo reina no Bernabéu

Que o Real Madrid não era favorito para este clássico todos sabíamos, mas que o Atlético de Madrid fosse dar uma aula de futebol no Bernabéu poucos esperávamos. A superioridade dos colchoneros em campo foi clara durante os 90 minutos de jogo.

Continuar lendo

Dia de Gre-nal em Madrid

Real Madrid x Barcelona é o clássico nacional espanhol, quase um clássico mundial. Mas Real Madrid x Atlético de Madrid é o Gre-nal de Madrid.

Continuar lendo

Mais um capítulo vergonhoso da Liga Espanhola

Estava aqui já escrevendo o post com o resumo da rodada desta quarta-feira do Campeonato Espanhol. Os textos estavam quase prontos:

  • Jonas segue reavivando o Valencia
  • Sevilla se recupera dos últimos pinchazos
  • Real Madrid joga mal e Elche merece mais do que empate

Foi então que vendo os minutos finais de Elche 1×1 Real Madrid, já terminados os 3 minutos de acréscimo, estávamos nos 94 minutos, o árbitro Muñiz Fernández marca um pênalti a favor do Real Madrid. O absurdo, além de ter marcado a penalidade com o jogo, em teoria, já terminado, é que não foi pênalti! Pepe fez uma falta em Carlos Sánchez do Elche e o árbitro “viu” falta de Carlos em Pepe. Cristiano Ronaldo chutou e fez, aos 95 minutos Elche 1×2 Real Madrid. Muñiz Fernández claramente favoreceu o Real Madrid, coisa que já havia feito com o Barcelona na partida no último final de semana no Camp Nou contra o Sevilla. A crise está instalada!

penalti real madrid pepe

Não entendo! Barcelona e Real Madrid conta com os dois melhores times da Espanha – com muita diferença. Têm no plantel estrelas mundiais, treinadores capacitados e estruturas invejáveis. Por que os árbitros continuam favorecendo os dois? Não tem necessidade. A Liga terá como campeão um dos dois, isso é sabido muito antes da Liga começar. Sim, o Atlético de Madrid pode surpreender, mas sinceramente, não acredito nisso. Este foi um jogo para esquecer, ou melhor para lembrar e muito.

cristiano ronaldo

O Real Madrid jogou mal. Ancelotti não está conseguindo colocar o time dentro do seu esquema tático. Mas disso ninguém vai falar hoje. Depois da maior vergonha da arbitragem do futebol espanhol dos últimos anos, o futebol ficará em segundo plano.

Ainda duvidam

Como sempre a rodada do final de semana do Campeonato Espanhol rende assuntos para uma semana. No resumão deste final de jornada, escolho a dúvida como eixo principal deste post.

Valdés Barcelona

Quem substituirá Valdés? Goleiro está em ótima fase (mundodeportivo.com)

A opinião pública espanhola duvida de Tata Martino, duvida de Neymar e duvida de que o Barcelona possa seguir o bom ritmo dos últimos anos. Duvida ou duvidava? Neymar fez neste sábado outra grande apresentação com a camisa do Barça. Não marcou, mas participou ativamente do jogo e se tornou a principal saída do time pela lateral. A regra é, tá complicado pelo meio, abre pro Neymar! Tata Martino não só acredita no brasileiro, como sabe que seu time tem mais de 11 jogadores. O argentino opta, quase toda partida, por deixar uma das suas estrelas no banco. Xavi, Iniesta e Fàbregas têm rotado. Não porque estejam mal, mas porque nenhum jogador aguentar o ritmo de jogar todos os jogos, nem Messi. Tata sabe disso e está utilizando a todos os recursos para que ninguém esteja cansado em fevereiro. O Barça já não encanta tanto, sai mais para o jogo. Neste final de semana, depois de 316 jogos (5 anos) ficou não foi o dono da posse de bola nos 90 minutos – 51% Rayo e 49% Barça. Mesmo assim venceu por 4×0 e é o líder do campeonato espanhol, com 15 pontos e 100% de aproveitamento.

simeone atleti

marca.com

A outra dúvida ronda o Calderón. Ninguém acredita que Simeone conseguirá aguentar no topo do campeonato espanhol, que o bom momento é passageiro. Ok, sabemos que o Atlético de Madrid não conta com um plantel no nível de Real e Barça, mas como eu sempre digo, não duvide del Cholo. Simeone tem uma regra, só pensa no próximo jogo. O espírito de “formiguinha” do argentino contagiou o clube e fez o Atleti voltar à elite do futebol europeu. Não será fácil manter o ritmo, mas o Atleti pode. Em segundo na tabela do Espanhol, com o mesmo número de pontos do Barça, os colchoneros são a grande ameaça a Liga de dois.

cristiano ronaldo 208 gols

marca.com

No Real Madrid as duvidas vão além do campo. Se duvida da procedência dos cerca de 100 milhões pagos por Gareth Bale, duvidas sobre o que o jogador pode render. Duvidas sobre o modelo Ancelotti, sobre a contratação das jovens promessas do futebol espanhol e sobre o ataque merengue. Florentino garante que o dinheiro para pagar Bale saiu dos cofres do clube, e parece que é verdade. Bale se lesionou, parece algo leve, mas ainda não fez sua estreia no Santiago Bernabéu. O modelo que Ancelotti quer dar ao Real Madrid parece começar a encaixar, isso graças a uma peça chave, Isco – até o momento a melhor contratação da temporada. As outras jovens promessas vão se encaixando no time e o canterano Morata vai enterrando as esperanças de Benzema conquistar a torcida merengue. Se a novidade no Barça foi a posse de bola, no Real foi a presença de 6 jogadores das categorias de base de clube em campo. Diego López, Carvajal, Arbeloa, Nacho, Jesé e Morata deram moral para La Fabrica. O Real ainda não convence, mas não deixa dúvidas, e vence. Sempre de mão dadas com Cristiano Ronaldo, que já é o quinto maior goleador da história do Real Madrid com 208 gols, é claro. Hoje fez 4×1 no Getafe e segue em terceiro, com dois pontos menos de Barça e Atleti.

Fora do top 3, as dúvidas são menos complexas. Será que o Athletic de Bilbao vence e chega a quarta colocação da Liga? Até quando o Villarreal estará entre os 6 primeiros? E será que estes são os últimos minutos de Miroslav Djukic como treinador do Valencia ou os gols de Mestre Jonas na vitória de hoje salvaram o emprego do treinador?

A classificação do Campeonato Espanhol 2013-14 depois desta quinta rodada ficou assim:

  1. Barcelona – 15
  2. Atlético – 15
  3. Real Madrid -13
  4. Villarreal – 11
  5. Athletic* – 9
  6. Espanyol* – 8
  7. Real Sociedad – 6
  8. Celta – 6
  9. Valencia – 6
  10. Levante – 6
  11. Málaga – 5
  12. Betis – 5
  13. Granada – 5
  14. Valladolid – 4
  15. Getafe – 4
  16. Almería – 3
  17. Elche – 3
  18. Osasuna – 3
  19. Rayo – 3
  20. Sevilla – 2

*jogam amanhã.

Cada Real no seu galho

O Real Madrid esteou com goleada na Liga dos Campeões 2013-14. Os merenges foram a Istambul enfrentar o Galatasaray e fizeram seis gols dos turcos. A partida terminou 6×1 para os blancos e no jogo passou de tudo. Começando pelo show da torcida turca…

mosaico torcida galatasaray

marca.com

No primeiro tempo o Madrid não estava bem, errava muitos passes e contam com uma jogada individual de Isco para fazer o primeiro. Ainda no começo do jogo, Iker Casillas se lesionou e Diego López entrou. O Galatasaray atacou em várias oportunidades, mas não conseguir empatar a partida. No segundo tempo, o jogo foi outro.

Isco Cristiano Ronaldo

uefa.com

 

O Real Madrid entrou com vontade e partiu para o ataque. Isco, Cristiano e Benzema funcionaram e o placara foi para 3×0. Saiu Isco e entrou Gareth Bale. Cristiano Ronaldo apareceu e o placar saltou para 5×1. O Galata descontou e CR7 fez mais um. Real Madrid venceu bem e Cristiano Ronaldo fez uma segunda parte incrível. Um começo de Champions digno de um grande.

Añex Teixeira Shaktar

Alex Teixeira, ex-Vasco, foi o pesado da Real Sociedad (agencias)

Já lá em San Sebastián, o outro Real decepcionou. Entrou em campo para vencer, ou pelo menos para marcar um ponto. O primeiro tempo terminou 0x0, mas teve oportunidades para os dois lados, até mais da Real Sociedad. No segundo, o pesadelo donostiarra. O Shakhtar Donetsk, que ainda está tentando encaixar o time depois de tantas saídas de jogadores, parece que entrou nos eixos. O carioca Alex Teixeira (ex-Vasco da Gama) estava inspirado e marcou os dois gols da vitória do ucranianos. A Real Sociedad não teve poder de reação e ficou no zero. Final de jogo, Real Soceidad 0x2 Shakhtar Donetsk. A Real terá que pontuar fora de casa nos dois próximos jogos, caso contrário não avançara na Champions League. Um começo de Champions decepcionante, digno de um clube que ainda está longe da elite do futebol europeu. Um pena.

Os demais resultados desta terça-feira de 1ª rodada da Liga dos Campeões:

  • Manchester United 4×2 Bayern Leverkusen
  • Copenhague 1×1 Juventus
  • Benfica 2×0 Anderlecht
  • Olympiacos 1×4 PSG
  • Viktoria Pilsen 0x3 Manchester City
  • Bayern Múnich 3×0 CSKA Moscou