Novo Santiago Bernabéu também terá novo nome

VEJA AQUI COMO SERÁ O NOVO SANTIAGO BERNABÉU —>>>Projeto Santiago Bernabéu

 

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, que transformar o Santiago Bernabéu na maior fonte de benefícios do clube. Para isso, além da reforma já anunciada, uma das alternativa de faturamento é comercializar o naming rights do estádio. Várias empresas foram procuradas pelo Real Madrid para darem seu nome ao palco merengue.

Microsoft poderia dar nome ao estádio santiago Bernabéu

as.com

Fly Emirates e Microsoft estavam na boca do povo como as possíveis candidatas, mas nenhuma delas havia confirmado. Isso até agora. Pois a presidente da filial da Microsoft na Espanha anunciou que sim, a empresa está conversando com o Real Madrid sobre a possibilidade de termos o Estádio Santiago Bernabéu Microsoft.

Florentino vai “vender” o nome do estádio. Agora, se a Microsoft será a escolhida não sabemos. O fato é que levará a que pagar mais. Se a Fly Emirates quiser, duvido que alguém pague mais. Veremos!

Novo Santiago Bernabéu tem tudo para sair do papel

Florentino quer Florentino tem. Todo mundo que acompanha de perto a vida do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, sabe que quando ele decide, esta decidido. Ele quer anunciar, até o final deste ano, o projeto escolhido para a remodelação do Santiago Bernabéu, além da marca escolhida para patrocinar o estádio.

GMT Architekten projeto novo santiago bernabeu

O projeto da empresa GMT Architekten parece ser o escolhido

Os quatro projetos que concorrem para levar a obra já foram apresentados, mas receberam uma segunda oportunidade para apresentar melhorias. O principal candidato é o projeto alemão do GMT Architekten, que era prefira por Florentino ainda na primeira apresentação e que tem grandes chances de ser escolhido.

Além da remodelação, o Real Madrid irá contar com um patrocinador que dará o nome ao estádio. Florentino quer anunciar este parceiro antes do Natal. Se comenta que a Fly Emirates poderia ser a marca que estará no nome do Novo Santiago Bernabéu.
O objetivo da remodelação é aumentar os ingressos pela exploração do estádio, que hoje representam 168 milhões de euros no balanço do clube. Florentino quer que o Novo santiago Bernabéu seja a primeira fonte de ingressos do Real Madrid, aportando cerca de 200 milhões de euros ao cofres merengues por ano.

Aqui no Efeito Fúria já falamos bastante sobre o Novo Bernabéu, entenda esta história!

Por: Tatiana Mantovani

Real Madrid quer um “Madison Square Garden”

Que o Real Madrid vai reformar o Santiago Bernabéu todo mundo já sabe. Mesmo com grandes polêmicas envolvendo o projeto, é quase impossível imaginar que ele não sairá o papel. Primeiro porque se trata do Real Madrid e segundo porque “o cara” envolvido no negócio é Florentino Pérez que, além de ser presidente do clube é dono de uma das maiores construtoras da Europa.

Florentino Perez

Foto: AFP

O clube já apresentou os quatro projetos que concorrem para a reforma, mas preocupado com o futuro e com a viabilidade da obra, o Real solicitou que todos apresentem novas maquetes dos projetos. Elas serão conhecidas no dia 30 de abril. O objetivo final destas modificações é que o estádio santiago Bernabéu se torna a principal fonte de ingresso do clube.

Novo Santiago Bernabéu

Foto: marca.com

De acordo com a matérias publicada hoje no jornal Marca, o Real Madrid quer buscar novas fontes de ingressos e o estádio é a número 1. De acordo com as informações, atualmente o time se mantém graças aos ingressos por direitos de transmissão televisivos (cerca de 31% do faturamento), coisa que pode mudar em pouco tempo. Com a crise e a ameaça constante de televisões em não pagar tanto pelos jogos somadas a incapacidade de captar mais sócios uma vez que o modelo aplicado já não proporciona a entrada de novos, o Bernabéu se tornou a grande alternativa de ampliação no faturamento do clube mais valioso do mundo. Uma das estratégias que o Real Madrid motira é a do Madison Square Garden (local das partidas de baquete dos New York Knicks) que fatura com a venda de produtos mais em dias de jogos que em nenhum outro.

Florentino quer um Madison Square Garden em Madrid e aí, você acredita?

Reforma do Santiago Bernabéu é liberada

Como todas as obras que afetam o plano urbanístico de uma cidade, o Real Madrid precisava da autorização do governo madrilenho para a remodelação do Estádio Santiago Bernabéu. E ela saiu hoje. Com a autorização de modificação pontual no Plano Geral de Urbanismo, o clube poderá realizar as mudanças propostas no projeto apresentado na última assembleia de sócios. Agora, o estádio poderá contar com cobertura total e novas zonas verdades. De acordo com o presidente Florentino Perez, as obras não atrapalharão os jogos do Real Madrid, já que acontecerão nos próximos 3 verões (2013, 2014 e 2015). Assim, para o ano de 2016, os merengues terão uma “casa” praticamente nova.

O que falta agora é a divulgação do projeto escolhido. Foram apresentados 4 projetos:

foto:elconfidencial

O definitivo deve ser anunciado nos próximos dias. O portal El Confidencial teria conseguido uma informação exclusiva, e o projetos escolhido seria o de responsabilidade da GMT Architekten.

foto:elconfidencial 

Projetos para o novo Santiago Bernabéu

VEJA AQUI COMO SERÁ O NOVO SANTIAGO BERNABÉU —>>> Projeto Santiago Bernabéu

imagens-destacada-posts-antigo

O jornal Marca publicou em seu site mais imagens dos 4 projetos do novo Santiago Bernabéu. O novo estádio do Real Madrid deve ser inaugurado em 2015. O projeto que ainda será escolhido, terá os próximos verões para trabalhar na remodelação.

O jornal está fazendo uma enquete para saber o preferirdo dos leitores, passa lá e vota.

marca.com

Novo Santiago Bernabéu

Durante a Assembleia Geral de Sócios do Real Madrid de 2012, que acontece neste momento aqui na capital espanhola, Florentino Pérez apresentou os 4 projetos para a remodelação do estádio Santiago Bernabéu.

Os 4 projetos para o novo Bernabéu (as.com)

Os quatro competem para ver quem será o responsável pela obra. Todos são grupos arquitetônicos de prestígio: Lamela-Populous, Moneo-Herzog&De Meuron, Norman Foster-Rafael de Lahoz e GMT Architekten-L35-Ribas.

A previsão é que para 2015 o estádio esteja pronto. O Real Madrid deve gastar em torno de 200 milhões de euros nesta obra, que será a quarta em 65 anos de história do estádio.