Espanha quer a Eurocopa de 2020

A Eurocopa de 2020 terá 13 sedes diferentes. Para escolher quais serão as cidades que receberão as melhores seleções da Europa, a UEFA abriu um processo de inscrição. As federações nacionais devem propor cidades para serem sedes e a UEFA escolherá as 13.

Eurocopa 2020

Pela Espanha, até o momento, Madrid, Barcelona, Bilbao e Valencia estão na disputa. A Federação Espanhola tem até o dia 25 de abril para propor todas as candidaturas. Além da Espanha, outros países já propuseram cidades para o torneio:

  • Ereván (Armênia), 
  • Baku (Azerbaijão), 
  • Minsk (Bielorrússia), 
  • Bruxelas (Bélgica), 
  • Sofía (Bulgária), 
  • Zagreb (Croácia), 
  • Praga (República Checa), 
  • Copenhague (Dinamarca), 
  • Londres (Inglaterra), 
  • Helsinki (Finlândia), 
  • Lyon (França), 
  • Skopje (Macedônia), 
  • Munique (Alemanha), 
  • Atenas (Grécia), 
  • Budapeste (Hungria), 
  • Jerusalén (Israel), 
  • Roma e Milão (Itália), 
  • Astana (Cazaquistão), 
  • Amsterdam (Holanda), 
  • Varsóvia e Chorzow (Polônia), 
  • Lisboa e Porto (Portugal), 
  • Dublim (República de Irlanda), 
  • Bucareste (Romênia), 
  • San Petersburgo (Rússia), 
  • Glasgow (Escócia), 
  • Belgrado (Sérvia), 
  • Solna (Suécia), 
  • Basileia (Suíça), 
  • Istambul (Turquia), 
  • Kiev e Donetsk (Ucrânia),
  • Cardiff (País de Gales).
Anúncios

Cidades espanholas querem a Eurocopa de 2020

Com a decisão da UEFA de dividir a Eurocopa de 2020 em 13 cidades, a Federações nacionais de futebol da Europa já começaram a se organizar. O órgão máximo do futebol europeu pretende aceitar candidaturas de cidades, para receber jogos da Eurocopa, até o dia 12 de setembro. Por isso, a Real Federação Espanhola de Futebol já começou a receber os primeiros pedidos de cidades e clubes. Na lista, o novo San Mamés, algum dos estádios de Valencia e o estádio do Espanyol (em Barcelona). De acordo com a imprensa espanhola, até o momento estas foram as três cidades (ou os três estádios) que se propuseram a receber os jogos.

Novo San Mamés

athleticclub.com

 

O novo San Mamés – que será inaugurado na semana que vem – seria o estádio a receber os jogos em Bilbao.

Novo Mestalla

 

Em Valencia, com a obras do novo Mestalla paradas, não foi confirmado qual seria o estádio dos jogos, mas tudo indica que seria esta nova construção.

Estádio Espanyol

 

Sabendo da data limite, o Espanyol colocou o estádio Cornellá-El Prat como outra opção para a Eurocopa de 2020. O curioso é que, até o momento, não se falam nos principais estádios espanhóis para receber a competição. Nem Santiago Bernabéu, nem Camp Nou, nem Vicente Calderón são candidatos.

Até o dia 12 de setembro a RFEF terá que apresentar à UEFA as propostas espanholas de candidatura. Entre os dias 19 e 20 de setembro, o Comitê Executivo da UEFA divulgará as 13 cidades candidatas a receber a Eurocopa de 2020. Até lá, esperamos que pelo menos Madrid se candidate.

Como será a Eurocopa de 2020?

A competição das seleções europeias de 2020 acontecerá em 13 cidades diferentes. A primeira fase será disputada em 12 cidades, que receberão jogos dos 6 grupos iniciais, oitavas de final e quartas de final; uma média de 4 jogos por cidade. A décima terceira cidade terá em seus estádios os jogos de semifinais e final. A regra para que os estádios recebam as partidas é que tenham capacidade de no mínimo 50 mil pessoas. Na fase de grupos, as seleções jogarão em casa dois jogos. cada grupo terá duas cidades sede e estas não poderão estar com mais de 2 horas de vôo de distância.

Eurocopa de 2020 terá vários países como sede

uefa

A UEFA decidiu modificar o modelo de sedes para a competição europeia de seleções. A competição de 2020 será organizada em várias cidades importantes espalhadas pela Europa, em vez de um torneio em um ou dois países anfitriões. Todas as federações foram consultadas e  apenas a Turquia foi contra, pois já havia manifestado interesse em sedia a competição.

“EURO para a Europa” será o slogan do torneio que deve acontecer em 13 ou 14 países, ainda a serem definidos. A próxima Eurocopa será em 2016 na França.

 

Platini quer Europa de 2020 em vários países do continente

O presidente da UEFA, Michel Platini, insistiu na ideia de que a Eurocopa de 2020 deve ser realizada em vários países e não em uma única sede. A possibilidade foi sugerida por Platini ainda no final da Euro 2012, mas agora parece ser ainda mais sólida.

afp

Durante esta segunda-feira, o presidente da UEFA voltou a propor esta alternativa. Segundo ele, a opção é viável já que dividindo a organização da competição de 2020 entre vários países também se repartiriam também os custos, uma ótima alternativa para esta época de crise.

O projeto, apresentado por Platini, só seguiria adiante depois de aprovado em reunião do Comitê Executivo da UEFA, que se realizará em San Petesburgo no ano que vem. A ideia é que a competição aconteça em 12 ou 13 países, com uma sede fixa para as fases finais. Por enquanto, Turquia foi o único país que se já candidatou para receber a Europa de 2020, sendo esta candidatura cancelada caso a cidade de Istambul receba os Jogos Olímpicos do mesmo ano.

A próxima Eurocopa, de 2016, será realizada na França.